top of page
  • Foto do escritorEdson Pavão

Como levar cachorro para Portugal: passo a passo para transportar seu pet


Quem tem pets sabe que eles fazem parte da família. Uma questão que pode gerar dúvidas para quem está de mudança é sobre como levar cachorro para Portugal. Por isso, vamos esclarecer como é esse processo.


Vale dizer que o passo a passo que você vai conferir abaixo também é válido para levar seu gato para Portugal.


E, caso você não esteja mudando definitivamente para o país luso, mas deseja levar seu pet em sua viagem de curta duração, os procedimentos são os mesmos para que seu animal de estimação possa embarcar com você. Leia e informe-se!


Passo a passo de como levar cachorro para Portugal (também vale para gatos e furões)

Para levar seu cachorro para Portugal - gato ou furão também - é preciso seguir alguns passos. Qualquer outra espécie de animal não tem entrada permitida no país.


A primeira dica que te damos é começar a pensar nos trâmites alguns meses antes da data de embarque. Isso porque o processo todo pode demorar cerca de 6 meses (um pouco mais ou um pouco menos, dependendo da cidade em que você mora atualmente).


Agora, confira o passo a passo para levar seu cachorro para Portugal.


Microchip

A primeira etapa é fazer a aplicação do microchip de identificação, que é realizada por um médico veterinário autorizado.


Fique atento a um detalhe importantíssimo: esse microchip deve estar dentro dos parâmetros da Norma ISO 11784. O dispositivo precisa fazer uso da tecnologia HDX ou FDX-B, a fim de possibilitar sua leitura por scanners compatíveis com a Norma ISO 11785.


Vacina antirrábica

Ela só pode ser aplicada depois da implantação do chip, mas isso pode ser feito no mesmo dia. A data da vacinação e o prazo de validade devem constar na carteira de vacinas do pet.


Caso seu animal de estimação já tenha tomado a vacina antirrábica, é preciso dar uma dose de reforço após o microchip ser aplicado.


Sorologia antirrábica

O próximo passo é realizar a sorologia antirrábica. Trata-se de um exame que verifica se a vacina surtiu efeito. Ele deve ser realizado com prazo mínimo de 30 dias após a vacina.


Atestado de Saúde Veterinário

Precisa ser assinado pelo veterinário que cuida de seu animalzinho, atestando as perfeitas condições de saúde dele. O documento deve ter data de no máximo 10 dias antes da viagem.


Certificado Veterinário Internacional (CVI)

O próximo passo é providenciar o Certificado Veterinário Internacional (CVI), emitido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).


É recomendado que o pedido seja agendado com 60 dias de antecedência. É preciso apresentar os documentos que comprovam a realização de todas as etapas anteriores.


Aviso de chegada

Com o CVI em mãos, é hora de providenciar o Aviso de Chegada nos aeroportos em Portugal, emitido pelos responsáveis por permitir a entrada do seu animal na União Europeia.

Para isso, basta preencher o formulário disponibilizado no site do DGAV (Direção Geral de Alimentação e Veterinária) e enviá-lo, até 48 horas antes do desembarque, para o endereço de e-mail de um dos pontos de Entrada dos Viajantes para Controle de Animais.


Depois dessa leitura, você já tem em mãos as principais informações de como levar cachorro para Portugal. Mesmo assim, sabemos que planejar uma mudança de país não é fácil.


Portanto, se precisar de ajuda de um profissional para te auxiliar nesse processo, conte conosco!


Agende agora mesmo uma consultoria online e tire todas suas dúvidas sobre cidadania portuguesa, imigração para Portugal, vistos ou qualquer outra situação relacionada com viver em Portugal.

16 visualizações0 comentário
bottom of page